Linguagens

PortugueseEnglishSpanishChinese (Simplified)
PortugueseEnglishSpanishChinese (Simplified)

Guto Assessoria

Somos a Guto Assessoria e sabemos que a escolha de touros na pecuária é fundamental para o futuro dos negócios da fazenda, pois o touro é o maior responsável pela disseminação da genética nos rebanhos. O criador deve ter claros os objetivos do seu empreendimento: o que o rebanho tem para oferecer ao mercado e o que o comprador está pedindo. É essencial que se equacione adequadamente o trinômio “animal, ambiente e mercado”. E nós te ajudamos a chegar ao resultado exato desse trinômio.

O Comprometimento

A identificação dos touros adequados aos objetivos comerciais da fazenda é realizada pelas suas especificações técnicas, por meio das Diferenças Esperadas na Progênie (DEP), estimadas pelas avaliações genéticas e que fornecem dados possíveis de comparar o material genético disponível (touros, sêmen, embriões, doadoras e fêmeas de reposição) com as características desejadas para cada rebanho. Peso a desmama, ao sobreano, ganho de peso pós-desmama, circunferência escrotal, precocidade, musculatura, umbigo, temperamento, dentre outras características, ganharão maior ou menor importância, dependendo do objetivo final do uso do touro no plantel.

Além de DEPs adequadas, os animais precisam ser considerados aptos para a atividade reprodutiva e ter boa libido em condições semelhantes àquelas onde serão utilizados (por exemplo, em pastejo extensivo), para que possam transmitir seu potencial por genética. Essa adequação inclui bons aprumos, umbigo bem posicionado e capacidade de produzir sêmen de qualidade no volume necessário.

Precisa de orientação para tomar as decisões mais acertadas para o seu criatório? Conte com a gente.

Trajetória no Agronegócio

Desde a infância fui criado no campo em meio aos animais e essa vivência em fazenda me deixou apaixonado pelo agro, criação de gado e especialmente pelo trabalho de melhoramento genético PO.

Dos 17 anos de idade até a minha formação acadêmica (Eng. Agrônomo), trabalhei treinando cavalos da raça Quarto de Milha. Em 1997 recebi um convite para trabalhar com Carlos Viacava, da Nelore Mocho, onde comecei o trabalho de melhoramento genético de gado, esse trabalho em conjunto foi até 2005 e deste ano em diante segui para o MS Nelore Quilombo onde fiquei até 2007.

Hoje sigo com a Guto Assessoria, trabalhando em várias regiões do nosso Brasil, selecionando o que tem de melhor na pecuária especializada nacional e assim trazendo para os nossos clientes e parceiros as oportunidades de realizarem um bom negócio, agregando ao seu plantel animais com qualidade ímpar.

Galeria